Netflix e a Internet Global

Ela já lidera maior volume de dados na net.

por JotaB, Floripa, 21/11/2018, 8h40m

Um estudo da empresa canadense de gerenciamento de banda larga, Sandvine, indicou que não há nada no mundo que movimente mais tráfego na rede do que a plataforma de streaming de vídeos, Netflix.

Segundo a pesquisa, 13,75% do tráfego global da internet, quando se leva em conta tanto download quanto upload, é referente à Netflix. Isso é mais do que qualquer outro serviço ou protocolo e mostra como a empresa se tornou uma potência do consumo de mídia no Ocidente.

Os maiores responsáveis por esse resultado vem das Américas, onde ela é responsável por 16,92% do tráfego total. Na EMEA (Europa, África e Oriente Médio), a Netflix só fica na segunda colocação com 12,06%, posicionada atrás do YouTube com 15,11%.

Já na Ásia e no Pacífico, a empresa só fica na quinta colocação, com 5,24% do tráfego total da região, ficando atrás de streaming de vídeo HTTP, transferências via BitTorrent, o Facebook Video e o tráfego HTTP.

Nas regiões onde a Netflix é muito forte, o tráfego gerado pelo BitTorrent não é tão alto. Nas Américas, os torrents nem aparecem no top 10 dos maiores geradores de tráfego, enquanto na EMEA o protocolo já fica na sexta colocação, com 4,71%. Globalmente falando, no entanto, os torrents ainda são o quinto maior gerador de tráfego, justamente pela força na Ásia.
Dentro das Américas, o Brasil e os USA são os maiores consumidores Netflix (o Brasil consome mais que o mercado norte-americano). No Mundo, Brasil e Índia lideram esse consumo.
Abaixo, o quadro geral do resultado do trabalho da Sandvine:
Please like & share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *