A tecnologia mudando nosso Biotipo. Vem aí os chifres.

O que os cientistas estão observando.

por JotaB, 25/6/2019, Floripa.

O que a Teoria da Evolução também disse (e ninguém prestou atenção) é o que chama a atenção dos cientistas nestes tempos modernos. “O corpo humano (e de quaisquer outros seres vivos na Terra) está em constate evolução“.

Esse viés se faz atual. Muito, por sinal.

Diversas pesquisas no campo da biomecânica estão sugerindo que os jovens estão desenvolvendo chifres (sim!, você não leu errado) na parte de trás de seus crânios.

São esporões ósseos causados pela inclinação frontal da cabeça. A principal causa é apontada como o uso de celulares e outros aparelhos portáteis. Quando usamos um aparelho qualquer, é normal que nosso pescoço fique curvado e esse desvio de postura pode causar um crescimento ósseo e de tendões na parte de trás do pescoço. Isso pode acontecer devido à transferência de peso da cabeça para apenas uma parte da coluna.

Essa situação pode ser comparada à maneira como a pele engrossa a região de calos e outros traumas em resposta à pressão exercida naquele local. Como resultado de tudo isso, um gancho ou uma ponta semelhante a um cifre está crescendo e saindo do crânio de várias pessoas.

Segundo cientistas da Universidade da Costa do Sol, na Austrália, essa pode ser a primeira documentação de uma adaptação fisiológica ou esquelética devido à penetração de tecnologia avançada na vida cotidiana. Eles disseram ainda que os smartphones e outros dispositivos portáteis são os principais responsáveis pelo corpo humano estar se “contorcendo” ao exigir que usuários inclinem suas cabeças para entender o que está acontecendo nas telas em miniatura.

Mesmo com o estranhamento causado, David Shahar, um dos autores do estudo, alerta que essa formação incomum é um grave sinal de que a postura do indivíduo está totalmente incorreta, e que isso pode lhe causar sérias dores de cabeça crônicas, além de dores na parte superior da coluna e no pescoço.

E o que acontecerá à médio e longo prazo nas pessoas e nas gerações de humanos futuras?

A anatomia humana poderá realmente mudar. Se, à cada nova geração, o homem for dando continuidade à esse encurvamento da cabeça, muito provável que o homem do futuro realmente tenha chifres.

E já imagino ele, com chifres, coluna inclinada para baixo, de estatura mediana. Não muito diferente daqueles “etezinhos” que tanto já vimos em filmes do gênero.

 

Please like & share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *